APROFIR-MT realiza reunião inaugural de trabalho de sua Câmara Técnica

A Associação dos Produtores de Feijão, Pulses, Grãos Especiais e Irrigantes de Mato Grosso (APROFIR-MT), promoveu nesta sexta-feira (23), em Cuiabá, a primeira reunião de trabalho de sua Câmara Técnica, que tem como objetivo reunir quais são os gargalos e dificuldades do setor de irrigantes mato-grossense, e assim após identificá-las reunir em uma pauta única a fim de trazer resoluções efetivas.

Segundo o presidente da Câmara Técnica da APROFIR-MT, Rodrigo Wesley Sanches Borges, a reunião de lançamento da Câmara já serviu para definir as ações a serem implementadas em curto prazo. “Nós definimos nossas prioridades e quais são os assuntos que mais estão nos impactando neste momento, e paralelamente estamos definindo um plano de ação e dentro de um prazo de 30 dias nós estaremos definindo quais as ações e os seus responsáveis dentro a Câmara Técnica e da APROFIR, para atuarmos junto a órgãos e as empresas que necessitam de melhorias para atender melhor o setor”, explicou. 

O presidente da CT destaca que há três grandes frentes importantes dentro do setor de irrigação, a energética, a ambiental e de recursos financeiros, este último segundo ele não está no foco principal da Câmara, já que as questões de meio ambiente e de energia apresentam muitos problemas, que demandam uma maior atenção do grupo. “Hoje nós trabalhamos quais são os principais gargalos perante os licenciamentos ambientais e outorga e também em uma melhor qualidade de entrega de energia para os produtores, para nós atuarmos em cima destes principais pontos para nós melhorarmos assim a vida como um todo do irrigante”, finalizou. 

O presidente da APROFIR-MT, Otávio Palmeira, destacou a importância da implementação da Câmara Técnica da Associação. “Hoje a APROFIR deu mais um grande passo para consolidar a sua estrutura de suporte ao setor da irrigação que está sob nosso guarda-chuva. Já que a irrigação em Mato Grosso tem um potencial de crescimento muito grande, pois enorme também é o potencial de nossas águas superficiais e subterrâneas ainda pouco exploradas, e o momento se torna mais importante, pois agora encontramos o apoio que tanto necessitamos vindo do governo do estado e suas secretarias que abraçaram as propostas da APROFIR”, falou.  

Além dos dirigentes da APROFIR-MT, a reunião contou também com engenheiros, profissionais técnicos da área de consultoria de energia e ambiental que atuam na área e irrigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *