Notícias do setor

1) Use bioinsumo devidamente registado no Ministério da Agricultura (MAPA), pois seguem rígido controle do processo de produção e da qualidade do produto final. Nesse sentido, só produtos registrados recebem inspeções periódicas do MAPA para verificação dos padrões de qualidade exigidos.2) Fique atento ao transporte/armazenamento, bem como ao prazo de validade dos inoculantes, embora a refrigeração não seja uma exigência no transporte e armazenamento, a disposição do inoculante deve considerar ambiente sem exposição solar direta e com boa ventilação.3) No tratamento de semente e nas pulverizações, a aplicação conjunta de inseticida, fungicidas e micronutrientes, especialmente no tradicional “sopão”, leva à perda do investimento do produtor na adoção do bioinsumo. Por isso deve-se evitar a aplicação desses insumos numa única operação.Fonte: EmbrapaSalva este post para reler quando quiser! 📌

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *