Aprofir

A agricultura irrigável do Centro-Oeste terá garantido no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), em 2024, os 20% de recursos para o setor de acordo com o Art. 42 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), o montante deste percentual chega a R$ 8.113.445,00. A confirmação veio por meio de Nota Técnica emitida pela Consultoria de Orçamentos do Senado Federal (Conorf), em solicitação protocolada pelo senador Jayme Campos (UNIÃO). 

Os recursos dotados para a Região Centro-Oeste serão destinados ao apoio aos polos e projetos de agricultura irrigada e também ao apoio ao desenvolvimento da agricultura irrigada no Centro-Oeste.  

A articulação institucional da Associação dos Produtores de Feijão, Pulses, Grãos Especiais e Irrigantes de Mato Grosso (APROFIR), contribuiu para que fosse cumprido o Art. 42 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), com redação válida até 2028, onde a União deve aplicar dos recursos destinados à irrigação 20% na Região Centro-Oeste.  

APROFIR MT salienta que mesmo com esses recursos já consolidados, a associação ainda busca mais recursos que possam dar a sustentação mais rápida para o crescimento das áreas irrigadas não só em Mato Grosso, mas para todo o Centro-oeste. “A APROFIR MT também junto com o Conselho Brasileiro de Feijão e Pulses (CBFP), buscam apoiar a criação de outras associações nos estados brasileiros interessados, para fomentar os pulses, feijões, gergelim , amendoim, trigo e a irrigação”, explicou o diretor executivo da APROFIR, Afrânio Migliari.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 14 =